ensaio poético sobre a crueldade

 

.../
no mesmo rumor
em que para sempre te perco
na exaustão do amor que por instantes nos une e dissipa
na espuma de cal e silêncio 
nas águas
um lado de onde parto para sempre
e de embriagado me perco
trespasso
e fico sem caber na parte de dentro
... /

[anónimo, Antares, Lisboa 2020]

A VIDA ATORMENTADA

3,00 €Preço

    © antares editores - 2018

    • White Facebook Icon
    • White Instagram Icon
    0