anatema_Page_01.jpg

os rebeldes nascem queimados no seu amor
qualquer coisa os sufoca e oprime
e os loucos verdadeiros

signatários da esperança cósmica apodrecem no espaço químico dos
manicómios
mas já ardem as paredes do instituto
já ardem os alicerces do estigmatismo visceral

NOVOS

CAPA FINAL.jpg

A narrativa "eu não assaltei o bpi - ensaio sobre a iniquidade" e os artigos que compõem a edição digital, mostram-nos como funciona a trilogia estado-banco-agentes e o seu modus operandi que permite o ressarcimento dos bancos à custa dos executados num ambiente adverso de crises financeiras, sociais e políticas.

Denunciar a violação da moralidade, da privacidade e da ética social na população vituperada pela crise financeira imobiliária é um dos propósitos desta publicação da Antares Editores.

Um REPTO ao jornalismo em Portugal.

no prelo

“AD PROCESSUM – A execrável sustentação do agiota”

Texto apócrifo / Sintetizado a partir de fragmentos da realidade.

Um ensaio poético-teatral em um acto, que iremos publicar em Outubro de 2019.

Uma provocação estética que pretende causar um incómodo idêntico àquele que causou a história que conta.

agiota capa_WEB.jpg

na web

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© antares editores - 2018

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
0